Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/06/20 às 17h04 - Atualizado em 10/06/20 às 17h04

Fintech apoiada pela SECTI/FAPDF busca soluções para facilitar acesso a crédito e quitação de débitos

Entre as startups selecionadas no projeto “LIFT Learning: Programa Distrital de Fomento a Startups Financeiras (Fintechs) no contexto da luta contra o SARS- Covid-19”, contratado no dia 05/06 pela SECTI/FAPDF, está a Vamos Parcelar. A fintech é integrante do Arranjo de Pagamentos (Lei 12.865/2013) que atua como marketplace de pagamentos de contas de entes públicos e privados.

 

O projeto da empresa prevê o desenvolvimento de soluções para enfrentar as seguintes complexidades:

  • Credenciamento junto aos entes públicos e privados para desenvolvimento de APIs de consulta e liquidação de guias e títulos bancários;
  • Desenvolvimento de solução tecnológica de aprovação de crédito pessoal em esteira digital, desvinculado à necessidade de conta corrente em banco credor;
  • Estruturação de política de aprovação de crédito pessoal para instituições financeiras, visando público de não correntistas, com linhas de prazo ampliado para até 36 vezes. Para mitigar os riscos, o capital contratado será destinado especificamente para liquidação de contas do tomador;
  • Criação de canal digital para renegociação de dívidas.

O intuito da Vamos Parcelar é fazer frente ao atual cenário de crise na saúde, com repercussão direta na economia em decorrência do Covid-19, e o potencial crescimento do nível de endividamento do cidadão brasileiro, apontando para a necessidade de crédito para pagamento de débitos públicos e outras contas de consumo de natureza privada. 

 

A iniciativa será apoiada pela SECTI/FAPDF no âmbito do Convênio 03/2020, voltado para apoio a projetos e ações de pesquisa, inovação e extensão destinadas ao combate do Covid-19. O projeto irá atender ao terceiro eixo do Convênio, que prevê o fomento ao setor produtivo (startups, micro e pequenas empresas) que tenham por objetivo o desenvolvimento de ações e projetos de inovações tecnológicas e produtos que se enquadrem no combate à Covid-19 e às consequências da pandemia. 

 

O Lift Learning voltado para as soluções de fintechs para os efeitos da pandemia, com apoio da SECTI/FAPDF, tem duração prevista de seis meses. Durante os próximos dois meses, os proponentes passarão pela fase de fechamento de escopo dos projetos e, em seguida, terão quatro meses para execução e apresentação das soluções finais.

Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000