Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/01/20 às 15h56 - Atualizado em 9/01/20 às 16h00

Programa DF+ busca aumento de produtividade das empresas locais

 

Convênio entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF) e a Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF), com apoio da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação do governo do Distrito Federal, reforça a inovação e modernização para o setor produtivo. O objetivo é levar às empresas consultorias que aumentem a produtividade, a eficiência e a inovação, e com isso, favorecer a transição para os preceitos da indústria 4.0.

 

O DF+ se desdobra em três programas: o DF + Produtivo, o DF + Avançado e o DF + Eficiente.

 

São três programas com objetivo de aumentar a produtividade das empresas. A metodologia é a do Programa Brasil Mais Produtivo, do governo federal, e consiste em intervenções rápidas, de baixo custo e de alto impacto. A meta consiste no atendimento de 400 empresas em dois anos.

O foco dos programas está na melhoria de práticas manufatureiras. O objetivo é obter ganhos expressivos de produtividade, por meio do desenvolvimento e da aplicação de ferramentas e soluções tecnológicas de monitoramento da eficiência no processo produtivo, além de difundir a cultura de aperfeiçoamento contínuo no processo fabril das empresas locais.

DF + Produtivo

 

Voltado ao ganho de produtividade. O foco é a redução de desperdícios como atividades sequenciais desnecessárias, estoque excessivo, má utilização do capital humano e tempo de espera em vão. Cada consultoria levará, em média, de três a quatro meses. A meta é que as empresas tenham aumento de no mínimo 20% de produtividade após a intervenção do Senai-DF.

 

Setores prioritários:

  • Alimentos;
  • Artefatos, cimento e concreto;
  • Beneficiamento, moagem, torrefação e fabricação;
  • Construção civil;
  • Gráfica;
  • Madeira e mobiliário;
  • Mecânicas e metalúrgicas;
  • Tecnologia da informação;
  • Vestuário;
  • Máquinas, Aparelhos e Equipamentos Industriais, Elétricos e Eletrônicos

 

Como funciona? – O Senai-DF realiza consultoria usando a metodologia de manufatura enxuta (lean manufacturing) em um processo produtivo, baseada na redução dos desperdícios mais comuns: superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos.

 

O tempo de atendimento é de 120 horas por empresa e a adesão às consultorias é gratuita.

 

DF + Avançado

 

Começa a trabalhar a primeira fase da indústria 4.0, com monitoramento do processo produtivo em tempo real, por meio de sensoriamento e conectividade. Tem como pré-requisito a implantação da Manufatura Enxuta. Assim como nos outros programas, a adesão é gratuita, porém, nesse caso, há a necessidade do investimento em software e hardware. A meta é que as empresas tenham aumento de no mínimo 10% de produtividade após a intervenção do Senai-DF.

 

Como funciona? – O Senai-DF realiza consultoria verificando se a aplicação e o desenvolvimento anterior da manufatura enxuta ainda está ocorrendo na empresa, preparação para a implantação do digitalização e conectividade, monitoramento dos dados com priorização das ações e definição das ferramentas e propostas de intervenção.

 

O tempo de atendimento é de 160 horas por empresa. A adesão é gratuita, mas há a contrapartida de aquisição do software (licença de 1 ano) e hardware, estimados em R$ 8.000,00.

 

DF + Eficiente

 

Tem como objeto a eficiência energética. Por meio dessa consultoria, serão feitas a análise e intervenções com foco na redução do consumo de energia da empresa. A meta é que as empresas tenham redução de no mínimo 10% no consumo de energia após a intervenção do Senai-DF.

 

Como funciona? – O foco é dado a equipamentos, máquinas, insumos energéticos ou processos identificados com maior potencial de redução de custo e de consumo de energia em curto e médio prazo.

 

Paralelamente, é realizada uma análise tarifária para verificação de possibilidade de ajuste no perfil consumidor e melhor enquadramento para redução de custos.

 

O tempo de atendimento é de 140 horas por empresa e a adesão é gratuita.

 

Como participar dos programas?

 

As empresas interessadas em manifestar interesse de adesão ao Programa devem realizar a Auto Avaliação para a Avaliação de Maturidade em https://senai40.com.br.

 

A auto avaliação de maturidade diz respeito ao estágio tecnológico e ao que precisa ser feito rumo à transformação digital.

 

Após realização da auto-avaliação, consultores do Senai entrarão em contato para agendamento de visita e confirmação da adesão, caso a empresa atenda aos requisitos exigidos pelo programa. Caso contrário, os motivos da não aderência.

 

Para mais informações, mande um e-mail para dfmais.senai@sistemafibra.org.br ou pelo Serviço de Atendimento ao Cliente do Sistema Fibra, no (61) 4042-6565.

 

Fonte: Jornal de Brasília

Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal - Governo de Brasília

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000