Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/06/24 às 15h28 - Atualizado em 21/06/24 às 17h05

Popularização da ciência é tema do encontro de Comunicação no 64º Fórum Confap

COMPARTILHAR

Vitória/ES recebe o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e os chefes das Ascom

 

A capital capixaba, foi a cidade anfitriã do 64º Fórum Nacional do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). Este segundo encontro do ano, realizado nas salas do Sebrae Lab de Vitória/ES, foi correalizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes), que comemora seus 20 anos, com a marca de um bilhão de reais investidos em pesquisa científica e tecnológica no estado, desde sua criação.

 

 

Esta edição foi marcada também pela segunda reunião dos chefes e coordenadores de Comunicação das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), com objetivo principal de apresentar soluções de curto, médio e longo prazos para os desafios enfrentados pelas Assessorias de Comunicação (Ascom) em todo o território brasileiro. Dos 26 estados da federação e o Distrito Federal, 16 FAPs enviaram representantes para este encontro. A atividade foi conduzida com a aplicação da Metodologia Ágil pelo Escritório Local de Processos de Inovação (ELPI) da Fapes.

 

 

“Precisamos melhorar a comunicação das nossas Fundações”, afirmou Rodrigo Varejão, presidente da FAP Capixaba, durante a cerimônia de abertura do Fórum. Os eixos temáticos discutidos durante o grupo de trabalho foram: recursos humanos e de infraestrutura, cultura organizacional, relacionamento com stakeholders (grupos de interesse) e trabalho em rede.

 

 

Marco Antônio Costa Júnior, presidente da FAPDF, destacou:  “a apresentação deste diagnóstico foi crucial para iluminar os desafios da comunicação científica e para que todos os presidentes reconheçam a comunicação como uma ação estratégica dentro do Confap”.

Entre os principais desafios apontados pelas Ascom estão a popularização e a desmistificação da ciência no Brasil. O uso de uma linguagem simples e acessível, assim como a parceria com mídias e instituições locais públicas e privadas diversas, foram tarefas levantadas como essenciais para ampliar a divulgação das pesquisas científicas e seus impactos positivos para a sociedade.

 

 

“Há muitos produtos de alto impacto para a melhoria da qualidade de vida da população, frutos de pesquisas fomentadas pelas FAPs e que permanecem desconhecidos. É hora de nos unirmos ainda mais para popularizar a ciência e a comunicação científica e tecnológica no Brasil,” ressaltou Douglas Silveira, chefe da Ascom/FAPDF.

 

Ao final da apresentação do diagnóstico e das ações propostas, vários presidentes manifestaram apoio às sugestões, reconhecendo a importância estratégica das Assessorias de Comunicação para a divulgação do trabalho do Confap e oferecendo-se a colaborar ainda mais para a melhoria da infraestrutura de trabalho.

 

 

Um documento será encaminhado a todas as assessorias contendo os eixos temáticos, objetivos, tarefas e prazos sugeridos para a implementação das soluções discutidas. O próximo Fórum do Conselho está marcado para setembro, na cidade do Rio de Janeiro. Fernando de Lucena, coordenador da Ascom do Confap, sugeriu que fossem apresentadas no encontro as boas práticas e as ações bem-sucedidas implementadas nos estados.

 

 

A programação do 64º Fórum Nacional do Confap também incluiu a reunião das Diretorias Técnico-Científicas das FAPs e palestras de especialistas, como o adido científico da Embaixada da Itália no Brasil, Fábio Naro; a oficial de Políticas para Assuntos de CT&I da Delegação da União Europeia no Brasil, Dhallys Mota; e a adida científica da Wallonie Brussels International, Julie Dumont. E ainda a médica e pesquisadora Patricia Bozza, membro da Academia Brasileira de Ciências (ABC); e o chefe do Laboratório de Imunofarmacologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que apresentou o Programa Aristides Pacheco Leão de Estímulo a Vocações Científicas, que completa 30 anos este ano.

 

Assista à transmissão online das mesas do Fórum Nacional, realizado entre os dias 18 e 20 de junho no Sebrae Lab, em Vitória/ES, neste link.

 

Texto: Douglas Silveira

Fotos: Kennedy Barros

 

Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000
Telefone: (61) 3462 8800