Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/02/23 às 16h43 - Atualizado em 12/03/24 às 14h44

Evento Marco Zero: a centelha da inovação no DF

COMPARTILHAR

Autoridades na solenidade de repasse do recurso aos selecionados no Centelha DF

 

O Parque Tecnológico de Brasília sediou hoje (02) o marco zero da primeira edição do Programa Centelha DF. O evento celebrou os selecionados no programa e contou com a entrega dos recursos de subvenção advindas da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) às mais novas startups da região. Cada um dos 28 projetos selecionados receberá até R$ 60 mil, além de seis meses de capacitação empreendedora, entre outros benefícios.

 

Diretor-presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Júnior

“A capacitação e subvenção públicas são de extrema importância para que ideias, como as 28 selecionadas no Programa Centelha, se tornem efetivamente empresas de sucesso, gerando maiores oportunidades de trabalho, melhorias no setor produtivo e na vida cotidiana da população do Distrito Federal” diz Marco Antônio Costa Júnior, diretor-presidente da FAPDF.

 

O evento contou com a presença de várias autoridades – Representando a governadora em exercício Celina Leão no evento, o secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo, o Secretário-executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia, Alexandre Villain, o Presidente da BIOTIC S/A, Gustavo Dias, o Diretor-presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Jr., o Presidente da Terracap, Izidio Santos, o Diretor Executivo da Fundação CERTI, Leandro Carioni, o Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Gustavo Amaral, a Superintendente do Sebrae-DF, Rose Rainha, a Diretora do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília, Marileusa Chiarello e a Reitora Pro Tempore da Universidade do Distrito Federal Jorge Amaury, Simone Benck.

 

O Programa Centelha, executado no DF pela Biotic S/A, FAPDF e Terracap, é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI.

 

A iniciativa visa promover a cultura empreendedora e acelerar o desenvolvimento do ecossistema de inovação da região onde atua, possibilitando o intercâmbio de tecnologias e fomentando a geração de capital intelectual e financeiro.

 

Secretário de Governo do DF, José Humberto

O Secretário de Governo do DF, senhor José Humberto, reafirma a necessidade de parceria entre o setor produtivo e o governo “precisamos do trabalho em conjunto para desenvolveremos um ecossistema cada vez mais eficiente, uma cidade inteligente e que crie respostas cada vez mais rápidas às demandas sociais, pois temos um mercado ávido e sedento por inovação”, e destaca ainda a importância de instituições como a FAPDF para que isso aconteça “a nossa FAP do DF tem um poder de investimento significativo e ela tem uma função fundamental nesse desenvolvimento tecnológico da nossa cidade”.

 

Esta é a primeira edição no Distrito Federal. Mais de mil participantes se cadastraram no portal do programa. Foram 331 ideias inovadoras submetidas, oriundas de 88% das regiões administrativas do DF. A partir do processo de recrutamento, capacitação e seleção, 28 projetos foram aprovados e serão contemplados com até R$ 60 mil em subvenção econômica, suporte ao desenvolvimento dos negócios e acesso facilitado a parceiros.

 

Diretor-presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Jr. (esquerda) e o primeiro colocado no Programa Centelha DF, Erick Damasceno (direita)

O programa Centelha DF não só fomenta e capacita ideias como inspira novas a surgirem no mercado “A gente começou o projeto, na verdade, por causa do Centelha. O fato de contar com prazos e a necessidade de realizar entregas nos incentivou e gerou um compromisso para que nós finalmente desenvolvêssemos nossa ideia. Agora com o fomento, poderemos contratar equipes e pessoas competentes em diversas áreas para escalar nossa plataforma” diz Erick Damasceno, primeiro colocado no programa Centelha DF com a Plataforma Repplico, sistema que visa facilitar de expansão de franquias a partir de 3 produtos: processo de candidatura e registro da marca, auxílio em aquisição financeira e geração de inteligência artificial de recomendação de franquias com base no perfil criado.

 

Saiba mais sobre o programa e suas edições acessando o site www.programacentelha.com.br

Veja as fotos do evento em: https://www.flickr.com/photos/fapdfoficial/

 

*Com informações da Terracap e FAPDF

Redação: Júlia Garcia

Fotos: Letícia Coury

Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000