Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/08/19 às 13h24 - Atualizado em 2/08/19 às 13h26

Águas do DF

Representante da Embaixada da Austrália apresenta panorama da ciência e tecnologia no país

 

Na última quarta-feira (31/7), a FAPDF promoveu o “Workshop Implementação da Aliança Tropical de Pesquisa da Água – TWRA”. Realizado no Auditório I do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília (IB/UnB), o evento resultou de uma parceria com a Embaixada da Austrália, o Australian Rivers Institute, a Aqua Riparia e a UnB e foi dedicado à finalização de um projeto de estudo multidisciplinar para aprimoramento da gestão dos recursos hídricos no Distrito Federal.

 

A elaboração do projeto também conta com a participação de representantes de diversos órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF): Secretaria do Meio Ambiente (Sema-DF), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF), Agência Reguladora de águas, Energia e Saneamento (Adasa), Jardim Botânico de Brasília (JBB), Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri), Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), Secretaria de Educação (SEE-DF) e Jardim Zoológico. O evento também contou com a participação de representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

 

O presidente da FAPDF destacou a importância do projeto para o Distrito Federal e ratificou a prioridade da Fundação em promover a articulação entre os diferentes setores da sociedade e do governo em busca de soluções para solucionar as questões prioritárias da região. “Diante da missão colocada pelo governador Ibaneis Rocha de que a gente fizesse com que os recursos da FAP estivessem voltados para os grandes desafios do DF e diante da recente crise hídrica pela qual passamos, não tinha como não valorizarmos uma estratégia como essa, que visa coordenar uma série de esforços de governo, academia e sociedade em torno dessa temática das águas. É uma estratégia para a FAPDF se afirmar como um agente de articulação e fomento para questões importantes e urgentes para Brasília e região”, afirmou Alexandre Santos.

 

A gerente de Educação da Embaixada da Austrália, Cristina Elsner, também destacou a importância do trabalho integrado e as possibilidades de contribuição australiana para a construção de políticas públicas de gestão hídrica: “Esse é um dos projetos prioritários da Embaixada por uma série de motivos. Enquanto países, nós temos uma série de similaridades, culturais, sociais, geográficas e climáticas e, dentro disso, todas as questões relacionadas à água. A Austrália é um dos seis países com maior extensão territorial, então também compartilha de todas as dificuldades de pensar uma política nacional equacionada para todo o território nacional”.

 

Esses e outros pontos positivos da cooperação também foram apontados pelo diretor do IB, Jaime Santana: “a Austrália é um país muito parecido com o Brasil e nós temos muito o que aprender com eles. Quando visitamos as universidades australianas vemos a organização, o apreço pela ciência, o cuidado e a seriedade com que trabalham a ciência. A Austrália é, hoje, com certeza, um foco para ações de internacionalização”, ressaltou Jaime.

 

Programação – Entre outras atividades, o workshop contou com a apresentação da história, da estrutura de atuação e modelo de governança da Aliança Tropical de Pesquisa da Água, realizada pelo Coordenador Nacional no Brasil, José Francisco Gonçalves Júnior.

A palestra “Como a Aliança Tropical de Pesquisa da Água pode atuar em parceria com o Governo?” foi proferida pelo coordenador do projeto na Austrália, Stuart Bunn, enquanto o painel “O papel do Governo do DF na Aliança” foi ministrado pelo assessor especial da Presidência da FAPDF, Dionei Silva.

 

Na parte da tarde, os participantes foram divididos em grupos para debater sete temas prioritários:

– Equilibrando as necessidades de água – Humanos X natureza;

– Abordando fragmentação e conectividade;

– Como o uso do solo influencia nos ecossistemas de água doce;

– Segurança hídrica – modelagem WQ;

– Planejamento de conservação – avaliação da biodiversidade;

– Dimensão social/cultural;

– Modelagem e previsão.

 

Ao final do Workshop, os participantes decidiram pela realização de um levantamento dos projetos apoiados pela FAPDF já realizados ou em andamento sobre o tema que deverão ser reunidos para apresentação em um seminário. O objetivo é verificar ações e práticas que podem ser aproveitadas e incluídas nas ações do projeto.

Fundação de Apoio a Pesquisa do Distrito Federal - Governo de Brasília

FAPDF

Granja do Torto Lote 04, Parque Tecnológico Biotic Cep: 70.636-000